Desvendando a culinária tailandesa

Como definir a culinária Tailandesa? Apimentada, doce, aromática, azeda, amarga, exótica ao paladar ocidental? Ela é tudo isso e por essa razão é tão surpreendente.

Açúcar, molho de cogumelos, de soja, de ostra e pimenta são alguns dos ingredientes base da culinária tailandesa. Pois é, o açúçar é realmente presente em todos os pratos. Por vezes ele até passa um pouco despercebido mas é tão comum o tailandês colocar açúcar nas receitas que caso peça um prato ocidental para comer aqui, poderá sentir um gosto mais adocicado. No meu caso foi um macarrão a bolonhesa.

Além dos ingredientes base, eles tem uma infinidade de temperos cheios de aromas. Alguns mais comuns como o manjericão, cheiro verde, capim limão, coentro, gengibre, alho e outros nem tanto como por exemplo o combava (tipo de limão super aromático), galanga (gengibre asiático), folha de lima, etc, que são utilizados em combinações extremamente harmoniosas.

A culinária encanta tanto o visitante que há diversos cursos espalhados por todos os cantos da Tailândia e, como eu adoro cozinhar, não poderia ficar de fora. O curso que encontramos foi tão barato que até a Aline que não é muito adepta ao fogão quis fazer. A experiência cultural foi tão empolgante e enriquecedora que mesmo para quem não gosta da cozinha acaba sendo interessante.

Curso de Culinária
Curso de Culinária

Curso de Culinária Tailandesa

Etapa 1 – Mercado Local

A primeira etapa do curso foi conhecer um mercado local, repleto de cores e cheiros, com cara de mini mercado municipal e frequentado praticamente só por locais. E lá fomos nós, cinco alunos do curso de culinária ansiosos para escutar e tentar entender as explicações do professor a respeito das especiarias, atentos a tudo como aos vários tipos de arroz cultivados e utilizados nesta parte do Sudeste Asiático.

No final do passeio ainda deu tempo para comprar algumas frutas que aqui são surpreendentemente doces.

Etapa 2 – Escolha dos pratos e entradas

Já a segunda etapa era escolher os pratos e colocar a mão na massa. Ao todo foram 5 pratos feitos por cada pessoa. No início, alguns pratos de entrada: Papaya Salad, feita com mamão verde, e rolinho primavera com cogumelo shiitake e tofu.

Etapa 3 – Pratos principais

Depois preparamos alguns pratos mais próximos ao paladar ocidental: castanha de caju com tofu e pad thai. O pad thai é o mais popular entre os turistas, e consiste basicamente em um noodle com ovos, tofu, molho de tamarindo e amendoim.

Etapa 4 – Pratos com curry

2
Preparação do curry

Os terceiros pratos já eram mais picantes e tinham como base o curry: Curry verde, vermelho e Phanaeng (Mesma base do curry vermelho. A diferença está na quantidade do leite de coco acrescentada, no Phanaeng vai apenas um pouco).

Essa parte foi sensacional pois nós mesmos fizemos a mistura do curry, pegamos os ingredientes  e utilizamos o pilão para moer e misturá-los até formar uma pasta. Na hora de cozinhar, junto com o curry acrescentamos legumes e tofu, mas poderiam ser utilizadas carnes de frango, porco ou boi.

Etapa 5  – Sopas

Depois de termos feito as comidas apimentadas, veio a parte das sopas, que são ainda mais apimentadas como boa parte dos pratos da culinária tailandesa (eu tirei a pimenta da minha visto que não sou tão acostumada assim). A sopa mais famosa aqui na Tailândia é a Tom Yam Kung, que vai folhas e suco de limão e tem um caldo agripicante muito saboroso.Como o curso era vegetariano, utilizamos diferentes opções de cogumelos na sopas, mas também é comum as pessoas colocarem camarões.

Etapa final – Sobremesa

Ingredientes para a sobremesa
Ingredientes para a sobremesa

Por último, fizemos uma deliciosa sobremesa colorida chamada Ploy Sam See que é basicamente Water Chesnut (castanha d’água chinesa), colorida com groselha e com um corante natural azul produzido a partir da flor de cunhã, com tapioca de batata, fervida na água e servida gelada com leite de coco. O resultado é muito exótico e gostoso: as castanhas ficam gelatinosas por fora e crocantes por dentro.

Depois de termos provado as comidas que preparamos e explorado um pouco mais a fundo a arte da culinária tailandesa, saborear seus pratos ganhou um novo significado e passou a ser ainda mais interessante, curioso e encantador.

3cac105ed372cd7ab6d8604a1486b34c s 80 d mm r g

Author: Nany Goes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *